Arquivo da Categoria: Dicas

aplicativo de delivery

Quanto custa e como criar um Aplicativo de delivery

Como criar um aplicativo de delivery?

Existem algumas coisas que você precisa saber antes começar um projeto de aplicativo de delivery de comida e certamente você já possui ideia formada de como o aplicativo deve funcionar, todas as etapas e automações que ele deve executar.

Certamente  sua intenção é aumentar o número de pedidos do seu restaurante ou lanchonete.

Esse é um importante passo para a criação de um aplicativo de delivery, ter em mente a ideia clara de como tudo deve funcionar, para torná-lo real.

Caso a sua ideia de aplicativo possua recursos que não existem nos aplicativos atuais, o ideal é que você as documente.

Escrever essas funcionalidades em papel é importante para as torna-las claras.

O segundo ponto importante é encontrar a pessoa ou time certo para desenvolver esse aplicativo, afinal, é necessário mão de obra qualificada para tornar esse projeto algo real.

Quem contratar para desenvolver um aplicativo de delivery?

Posso dizer que existem três alternativas: uma agência Soft house, um desenvolvedor autônomo (freelancer) ou ainda um Time de Desenvolvedores (Dev Collab).

Uma Agência Soft house ou apenas Soft house é uma agência especializada no desenvolvimento de sistemas e softwares web, desktop e mobile.

Um desenvolvedor freelancer ou programador autônomo é uma pessoa especializada em desenvolvimento de modo geral, ele pode ser especialista em um tipo específico de desenvolvimento ou um desenvolvedor multdisciplinar (generalista).

Time de Desenvolvedores, uma equipe formada especialmente para trabalhar com no seu projeto, geralmente um programador freelancer que possui networking com outras áreas de desenvolvimento e que faz indicações para cada posição.

Caso tenha dúvida de qual contratar, vou citar os pros e contra de cada um:

Agência Soft house:

  • Pros:
    • Equipe multidisciplinar
  • Contra:
    • Investimento Elevado

Desenvolvedor Freelancer

  • Pros:
    • Custo-benefício
  • Contra:
    • Risco de abandono de projeto

Time de Desenvolvimento:

  • Pros:
    • Equipe multidisciplinar
    • Custo-benefício
  • Contra:
    • Rotatividade da equipe

Minimum Viable Project (MVP)

A primeira etapa do projeto é a definição do MVP (Minimum viable product) em português Produto mínimo e viável, isso quer dizer que apesar de você possui 100% da ideia do aplicativo funcionando na sua mente.

Para trazê-lo a realidade é necessário transforma-lo em algo que possa ser facilmente desenvolvido em um período mínimo de 90 a 60 dias.

Geralmente é um tempo excelente para o desenvolvimento do MVP, isso significa que no maximo em 3 meses é possível ter um sistema funcional com os requerimentos mínimos de funcionamento.

E como estamos falando de um aplicativo de delivery os requisitos mínimos para um MVP são:

  • Cardápio
  • Pedidos
  • Entrega

Nota, esse MVP abrange o mínimo essencial para que o aplicativo seja funcional sem muitas complicações, isso limita-se até construir somente a versão web do aplicativo, ou seja sem aplicativo mobile.

Entretanto é imprescindível que o site que o cliente irá usar para fazer os pedidos seja 100% responsivo.

Ou seja que ele se adapte totalmente ao celular do cliente garantindo uma experiencia tal como se o mesmo, navega-se em um aplicativo de celular ou tablet.

O fluxo é facilmente entendido no diagrama abaixo:

MVP Aplicativo de Delivery

MVP Aplicativo de Delivery

Vale ressaltar que apesar de hoje ser comum a utilização de pagamentos online, em um MVP, não é algo essencial.

Seu entregador levara normalmente a máquina de cobrança para o endereço do cliente, e isso tem um porquê:

– Para implementar um método de pagamento online é necessário realizar integrações com sistemas de terceiros.

significa conectar o seu aplicativo de delivery a um outro sistema que irá processar os pagamentos.

Toda essa integração costuma tomar um tempo que certamente iria atrapalhar a conclusão do nosso MVP dentro do nosso prazo estipulado, então apesar de parecer algo importante não é essencial de primeiro momento.

Existem outras implementações que não estão sendo abordados aqui, como sistema de notificação ou relatórios, isso porque novamente queremos algo mínimo funcional nos próximos 90 ou 60 dias.

Quanto mais recurso maior é o tempo de entrega.

No que se diz respeito aos relatórios, apensar de não serem mencionados, eles já fazem parte do MVP e estão sendo gerados, afinal, cada pedido é um registro que fica gravado no banco de dados.

Haverá um relatório bem simples, mostrando quantidade de vendas e receita diária.

Após as implementações que fazem parte do MVP ficarem claras, é hora de falarmos sobre o branding  e layout ou identidade visual caso preferir.

Branding e Layout

Com o MVP definido, é necessário dar uma “cara” para o seu projeto, aqui começa a sua conversa com o UX/UI Designer, este é o profissional responsável por levantar questões visuais da plataforma, nessa etapa será feita algumas perguntas como:

  • Você já possui um nome para o aplicativo?
  • já possui logotipo?
  • Já existe uma paleta de cores?
  • Possui tipografia?
  • Possui referencias de aplicativo?

O designer está lá para te ouvir, e a função dele é reunir todas as suas respostas e transforma-las tudo em uma interface amigável e intuitiva para o cliente do aplicativo navegar.

Nessa etapa a interface geralmente possui recursos que vão além do MVP, ele ira desenhar tudo que você imagina que o seu aplicativo precisa ter.

Por isso não se assuste se durante a fase testes, você não encontar recursos que foram desenhados no layout.

A Equipe de desenvolvedores está totalmente focada em somente uma coisa, criar o MVP, e todos os demais recursos serão implementados somente após a conclusão do MVP.

Quanto custa para fazer um aplicativo de delivery?

Antes de se fazer essa pergunta, vale ressaltar que um aplicativo de delivery precisa constantemente de evolução, isso é, cada nova implementação que você queira fazer irá gerar novos investimentos.

Tendo isso em mente, irei passar algumas estimativas, dentro do MVP elaborado acima:

UX/UI Designer

A pessoa ou agência responsável pela criação de toda a interface e branding ou identidade visual (caso necessário), varia entre R$ 6 mil a R$ 3 mil reais.

Desenvolvedor Frontend e Backend

Geralmente é possível encontrar programadores que possui ambas as funções, esses geralmente demandam um investimento maior podendo ultrapassar R$ 100 reais a hora de trabalho.

Tenha cuidado na hora de contratar programadores ou agências, para o seu projeto, solicite sempre que possivel portifólio de projetos anteriores que tenham sido desenvolvidos, e ainda se possível solicite uma versão de demonstração.

E redobre a atenção caso eles não possuirem.

Infelizmente existem muitos “aventureiros” que acreditam ser capazes de desenvolver, porém não conseguem ou simplesmente abandonam o projeto ou ainda entregam algo não funcional e acabam gerando apenas gastos desnecessários.

O desenvolvimento pode variar entre R$ 15 mil a R$ 10 mil reais. E as manutenções geralmente ficam entre R$ 4 mil e R$ 2 mil reais dependendo da complexidade dos novos recursos.

Em resumo o desenvolvimento de um aplicativo de delivery começa em torno de R$ 20 mil reais e com um período de entrega de 90 a 60 dias com as funcionalidades básicas descritas acima.

Agora duas perguntas bônus:

Quanto custa para ter um aplicativo no Google Play e Apple Store?

No Google Play

Para enviar o aplicativo para o Google Play, existe um valor de USD$ 25,00 que são pagos no ato da criação da conta de desenvolvedor.

Porém existe a possibilidade desse valor ser isento e ser publicado na própria conta de quem irá desenvolver o aplicativo caso esse desenvolvedor possua, caso ele não tenha conta será necessário adquirir.

Esse valor é pago uma única vez e não possui limite de quantidade de aplicativos.

Para mais informações basta acessar esse link: Como usar o Play Console – Ajuda do Play Console (google.com)

Na Apple Store

Na Apple Store o valor é de USD$ 299,00 por ano, e requer que o desenvolvedor possua um Computador com o Sistema Operacional MacOS.

É necessário um Mac Mini, iMac ou MacBook para poder criar aplicativos não sendo possível desenvolver em sistema Windows ou Linux.

Existem empresas que alugam máquinas virtuais para a finalidade de desenvolver para essas plataformas, e o valor é cobrado por horas de uso.

Para ler os requerimentos completos da conta de desenvolvedor da Apple basta acessar esse link: Enrollment – Support – Apple Developer

Caso tenha alguma dúvida, basta usar o formulário abaixo.